John Brown: Excitabilidade (1780)

O presente texto traduz o Cap. II de The Elements of Medicine, de John Brown, publicado em 1788 (sob o original dos Elementa Medicinae, de 1780). O capítulo II é onde Brown define o termo “Excitabilidade” (Excitability, Incitabilitas). Os termos em colchetes se referem à paginação, à organização dos argumentos e aos termos em latim da edição de 1780.

[p. 3] Capítulo II

X. Em todos os estados da vida, o homem e os outros animais diferem de si mesmos [quando] em estado de morte, ou de qualquer outra matéria inanimada, apenas com a seguinte propriedade: a de poderem ser afetados por [1] agentes externos, bem como por [2] certas funções que lhe são peculiares, de tal modo que os fenômenos peculiares a seu estado vivo – isto é, as suas próprias funções – possam ser produzidos. Essa proposição compreende tudo o que é vital na natureza e aplica-se, assim, pelo menos aos vegetais.

XI. [1] Os agentes externos em geral são redutíveis ao calor, à dieta1, a outras matérias levadas para o estômago, ao sangue, aos fluidos secretados do sangue e ao ar. De que maneira os venenos e os contagiantes provêm da mesma perspectiva, isso será mencionado adiante2.

XII. [2] As funções do próprio sistema corporal [corporis] que produzem o mesmo efeito [que o dos agentes externos] são a contração muscular, [p. 4], os sentidos, e a energia do cérebro [cerebri] no pensamento [in cogitando] e na excitação da paixão e emoção. “Enquanto estes afetam o sistema [corporal] do mesmo modo que os outros agentes [externos], então, com respeito à sua origem, eles surgem tanto dos outros [agentes externos] quanto de si próprios3

XIII. O resultado de retirar ou a propriedade que distingue a matéria viva da morta, ou a operação de qualquer um dos dois conjuntos de poderes, é a ausência de vida4. Nada mais é necessário para a vida5.

XIV. A propriedade pela qual ambos os conjuntos de poderes atua deve ser nomeada Excitabilidade [Excitability, Incitabilitas]; e os poderes, [devem ser nomeados] Poderes Excitantes [Exciting Powers, Potestates incitantes]. Pela palavra “corpo” [corpus] entende-se tanto o corpo simplesmente assim chamado, quanto também dotado de uma parte intelectual, de uma parte apropriada à paixão e emoção, ou de alma [quam etiam mente, animo, vel anima]; a denominação [p. 5] comumente dada a ele [corpo] nos escritos médicos é de sistema6.

XV. Os efeitos comuns produzidos pelos poderes excitantes [potestatum incitatium] são os sentidos [sensus], o movimento [motus], a ação mental [mentis actio] e as paixões da alma [animi adfectus]. Cada efeito sendo um e o mesmo, deve-se então garantir que a operação de todos os poderes também seja uma e a mesma7

XVI. O efeito dos poderes excitantes agindo sobre a excitabilidade deve ser denominado Excitação. [Potestatum incitantium, in incitabilitatem agentium, effectus Incitatio nuncupandus]

XVII. Visto que, dos mesmos poderes excitantes, alguns agem por impulsos manifestos [manifeitis impulsibus agunt], e o efeito de outros [impulsos] permitem inferir o mesmo modo8 de operação; e visto que eles possuem [p. 6] todos uma certa atividade, eles podem ser denominados estimulantes [stimulatrices] ou estímulo. 

α. Os estímulos [stimuli] são universais ou locais.

β. Os estímulos universais são os poderes excitantes [potestates incitantes] agindo sobre a excitabilidade de modo a sempre produzir alguma excitação sobre o sistema inteiro [toto corpore]. E convém distinguir sua denominação de universais dos locais.

γ) Os estímulos locais agem apenas na parte na qual são aplicados; e não afetam o resto do corpo sem antes produzirem uma afecção neles9

Bibliografia: 

BROWN, John. Elementa Medicinae. Edinburgi: Excudit C. Denovan, 1784.

BROWN, John. The elements of Medicine; or a translation of the Elementa Medicinae Brunonis. With large notes, illustrations and comments by the author of the original work, Vol. I. London: J. Johnson, 1788.

Tradução livre de: BROWN, John. The elements of Medicine; or a translation of the Elementa Medicinae Brunonis. With large notes, illustrations and comments by the author of the original work, Vol. I. London: J. Johnson, 1788. (cap. II, p. 3-6)

  1. consistindo em comida, bebida e condimentos []
  2. Há uma correção do original aqui, cujas palavras são “Quo modo venena & contagiones codem fpectent, poft modo dicetur” []
  3. Essa também é uma correção à margem do original, as palavras em Latim são “Hae dum fic, ut reliquae, corpus adficiunt, ita tam a caeteris, quam a fe ipfis, exoriuntur.” []
  4. Aqui ocorre outra correção do texto em MS, conforme segue, “Earum rerum & actionum five dempto opere, five dempta proprietate, vita nulla []
  5. “Fere” é retirado. []
  6. Nenhuma digressão precisa ser aqui feita, visto que não se interfere na religião em nenhum lugar e ela permanece com os próprios guardiões []
  7. Isto é, visto que os sentidos, o movimento, as funções mentais e as paixões são os únicos e constantes efeitos dos poderes de excitação agindo sobre a excitabilidade; e desde que isso aconteça, [isto é,] que um, ou mais, ou todos os poderes, ou qualquer outro deles, agem, a conclusão irresistível que surge na mente é que, se o efeito dos poderes é o mesmo, então o modo de operação de todos eles deve ser o mesmo. Esse modo de pensar, que certamente é tão correto quanto novo na medicina, ocorrerá com frequência e, acreditamos, resistirá ao escrutínio mais escrupuloso []
  8. Ou ratio []
  9. Esses três últimos parágrafos são acréscimos. As palavras deles são “Stimuli funt vel communes, vel locales. Stimuli communes funt poteftates incitantes, ita in incitabilitatem agentes, u£ incitationis toto corpore femper aliquid efficiant ; communes, quo commodius a localibus internofcantur, adpellandi. Locales ftimuli in partem tantum, cui admoventur, agunt ; nec, nifi parto jam illic adfectu,reliquum corpus, ac faepe ne fic quidem, adficiunt []

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Pesquisar OpenEdition Search

Você sera redirecionado para OpenEdition Search